Configurando openMSX no Ubuntu 17.10

Atualmente o openMSX é um dos mais completos emuladores para MSX e em geral nas distribuições baseadas em Ubuntu/Debian apenas temos acesso a versões antigas do emulador, neste artigo dou dicas de como instalar a versão mais atual (0.14) a partir dos fontes.

 openmsx

Preparando

Artigo Original: Wilson Pilon

Inicialmente instalei a versão 17.10 padrão de 64bits do Ubuntu-Mate (testei na 17.04 e o procedimento é o mesmo, no Raspbian é ligeiramente diferente).

A primeira coisa a fazer é executar:

$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get upgrade

para ter o sistema com os últimos patches.

ubuntu update

Dica: Caso não queira ficar inserindo senha de sudo a cada instante, inclua no arquivo /etc/sudoers.d/myOverrides (use sudo visudo -f) a seguinte linha:

usuario    ALL=(ALL) NOPASSWD:ALL

ubuntu sudoers

Em seu diretório $HOME crie um diretório "temp", que será usado em todo o processo.

$ cd $HOME
$ mkdir temp
$ ln -sf temp tmp

ubuntu temporary

Baixe os fontes do openMSX, do Catapult e do debugger no site oficial e salve no diretório Downloads.

ubuntu sourcecode

Descompacte os três arquivos em "temp":

$ tar zxvf ../Downloads/openmsx-0.14.0.tar.gz
$ tar zxvf ../Downloads/openmsx-catapult-0.14.0.tar.gz
$ unzip ../Downloads/debugger-master.zip

ubuntu targz

Como vamos compilar o openMSX, o gcc é necessário, então devemos instalar a base:

$ sudo apt-get install build-essential

ubuntu build

Você pode ter problemas se instalar este pacote sem a midia de instalação, neste caso é necessário remove-la das fontes de pacotes. Edite o /etc/apt/source.list e comente a linha:

#deb cdrom:[Ubuntu-MATE 17.10 _Artful Aardvark_ - Release amd64 (20171018)]/ artful main multiverse restricted universe

caso a mesma já não esteja comentada.

ubuntu cdrom