Revista MSX Micro 01

Revista MSX Micro 01 (1985)

A Revista MSX Micro não é tão técnica quanto a Revista CPU, porém, ainda assim existe um valor histórico incontestável, numa época onde não existia internet e as publicações técnicas eram raras, cumpriu seu papel.

Destaques: Curso de Basic, Cinco Programas para Você, Software Muitas Opções Para seu Micro, O Padrão MSX Invade o Brasil.

capa-msxmicro01

Editorial Original da Revista

O surgimento da linha MSX no Brasil já começa a despertar a indústria nacional de informática para uma nova realidade. Pela primeira vez dois fabricantes do porte da Gradiente e Grupo Sharp discutem a compatibilidade entre seus produtos, credenciam software houses para garantir o abastecimento de programas a partir dos primeiros meses de existência dos novos micros, causando uma verdadeira agitação aos demais fabricantes.

A Fonte Editorial e de Comunicação, com sua tradição de mais de dois anos na área de informática, não poderia ficar alheia ao fenômeno MSX. Da preocupação em atender aos usuários dessa família de microcomputadores surgiu MSX Micro uma revista com peiocidade bimestral que pretende analisar a cada número, todas as novidades no hardware e software desses equipamentos. Os novos periféricos lançados no mercado internacional e as promessas para o Brasil.

MSX Micro trará também uma série de programas escritos em linguagem Basic para você digitar e rodar no seu MSX compatível, sem a necessidade de qualquer adaptação.

Nessa primeira edição falamos do nascimento do MSX no Japão, e do seu rápido domínio no mercado europeu. Um preview do Hot Bit HB 8000, da Epcom e do Expert XP 800, fabricado pela Gradiente. Uma matéria especial derruba o tabú de falta de softwares para o equipamento em território nacional, revelando os pacotes que já estão disponíveis para as máquinas da linha MSX.

MSX Micro também pensa em quem está iniciando nos mistérios da informática. Um dicionário que reune os principais termos técnicos utilizados pelos apaixonados da computação não vai deixar você voando nos papos com os amigos e nas matérias e análises publicadas nos demias números da revista. Também estamos dando início a um curso de Basic especialmente voltado para os possuidores do MSX.

Mas as novidades não param por aí. No próximo número MSX Micro vai mostrar quais os periféricos disponíveis para os MSX nacionais e confrontar a performance dos micros da Epcom e Gradiente frente aos demais computadores domésticos brasileiros. Até lá.

José Luiz Schiavoni

Editorial e Comentários do projeto MSX Typer

Bom, se a CPU em 1988 era inocente, imagine a MSX Micro 3 anos antes. A revista sempre teve uma certa fama de puxar o lado da Gradiente/Expert, embora não claramente. O que se vê na revista é a mesma inocência de outras publicações, com muitas esperanças, promessas de matérias que não vieram a se cumprir, cursos interrompidos do nada. Inicialmente eu não digitaria outras seções além das técnicas e das que envolviam programas, mas resolvi colocar este material também.

Wilson Pilon