dBASE II Plus para MSX - 5 Alterando e Deletando Dados do Arquivo

Geralmente, dados de arquivos são elementos dinâmicos que carecem de alterações ou atualizações.

dbasei capa

Artigo Original: Nélson Casari, Digitação: Wilson Pilon

Os dados de arquivos dBASE podem ser alterados diretamente através dos comandos EDIT, BROWSE, CHANGE e REPLACE e, indiretamente, por meio de um arquivo de movimento, usando o comando UPDATE. Neste capítulo são estudados os comandos do modo direto de alteração. UPDATE é estudado mais adiante.

Comando EDIT

EDIT exibe no vídeo um registro especificado, no modo de edição, a fim de que sejam efetuadas alterações em seus dados.

Sua sintaxe é:

EDIT [<número de registro>]

Se não for especificado o número do registro no comando, o dBASE o solicitará em seguida, através da mensagem:

Entre o número do registro:

dbaseL 0105

Digitado o número do registro, o seu conteúdo é exibido no vídeo, no mesmo formato gerado pelo comando APPEND, permitindo que, com auxílio das teclas de controle por caractere, sejam efetuadas alterações no mesmo.

Todos os recursos das teclas de controle por caractere dos diversos comandos são descritos e detalhados nos indicadores visuais das teclas de controle, de modo a facilitar consultas rápidas.

Observações:

  • Para a combinação [CONTROL]+[X], se o cursor estiver no último campo do registro, será deslocado para o próximo registro. Se estiver no último campo do último registro, o modo EDIT será encerrado, retornando o ponto do dBASE.
  • Para a combinação [CONTROL]+[C], se o cursor estiver no primeiro campo do registro, será deslocado para o registro anterior. Se estiver no primeiro campo do primeiro registro, o comando EDIT será encerrado, retornando ao vídeo o ponto de prontidão do dBASE para comando.

Vamos fazer duas experiências com EDIT. Na primeira, será especificado o número do registro no comando; na segunda, não será. Assim, ficará demonstrada a diferença existente entre ambos os modos. O dBASE deverá estar ativado. Comandamos:

.USE PESSOAL
.EDIT 1

O dBASE colocará no vídeo:

dbaseL 0106

O cursor estará colocado no primeiro caractere do primeiro campo.

A título de experiência, vamos alterar o dado SALARIO:

  • Mantendo a tecla [CONTROL] pressionada, teclamos duas vezes [X] e o cursor se delocará para o primeiro dígito do campo SALARIO.

dbaseL 0107

  • Vamos alterar o valor de 23000 para 25500. Teclamos [CONTROL]+[D] e, com o cursor sobre o dígito 3, digitamos 5. O cursor pula para o dígito seguinte. Então digitamos novamente 5.

dbaseL 0108

Feita a alteração pretendida, teclamos simultaneamente [CONTROL]+[W] e o dBASE gravará a alteração efetuada, retornando ao modo de comando.

dbaseL 0109

O registro número um estará agora com o dado SALARIO alterado para 25500, senão vejamos:

.DISPLAY RECORD 1 NOME SALARIO

dbaseL 0110

Vamos experimentar agora a outra modalidade de EDIT (sem especificar inicialmente o número de registro) para retornar o dado SALARIO do registro 1 ao seu valor normal:

.EDIT

Neste caso, o dBASE solicita:

dbaseL 0111

1

O registro será exibido na forma de edição, como mostrado acima.

Adotando o procedimento já descrito, alteramos o valor de 25500 para 23000 e, em seguida, teclamos simultaneamente [CONTROL]+[W] e o dBASE regravará o registro, como fez no exemplo anterior, mas, em vez de retornar ao modo de comando direto, emitirá a seguinte mensagem através do vídeo:

dbaseL 0112

Nesta condição, podemos ou não indicar outro registro para alteração, devendo o procedimento descrito repetir-se.

Caso se deseje apenas encerrar o modo EDIT, bastará teclar [RETURN] e o dBASE retornará ao modo de comando direto.

Do exposto, deduz-se que o comando EDIT seguido do número de registro é mais conveniente quando se quer alterar apenas dados de um só registro.

Para alterar dados de diversos registros, mantendo o comando de edição ativo, comanda-se EDIT inicialmente sem número de registro.